Conhecendo brechós em São Paulo

Tem gente boba que acha que comprar em brechó não tá com nada, que brechó brasileiro só tem velharia. Tá. Alguns são bem assim mesmo – infelizmente. Mas, tem gente antenada que sabe onde e como garimpar em brechós e que isso pode trazer pro seu guarda-roupas peças únicas, muitas vezes beeem mais baratas do que as encontradas em lojas. Vai dizer que você não curte uma exclusividade? A gente sabe que curte, vai…🙂

Procurar bons brechós numa cidade imensa como Sampa City pode ser uma tarefa bem difícil, se você não tem a mínima ideia de onde eles possam estar. Como nós três somos almas caridosas (kkkkk!) e quem pensam no bem-estar dazamigue, fomos atrás de dicas legais que pudessem dar o “caminho das pedras dos brechós paulistanos”. O resultado tá aí embaixo, com um roteirinho super cool que pode te render peças exclusivas.

Deixe sua “desbravadora interior” aflorar, dá uma olhada nos endereços desses brechós e se joga! Comprar em brechó, além de super legal, é bom pra economia e pro seu bolso. Pra que torrar as tampas, se você pode economizar e comprar peças mais legais do que as que você encontraria numa loja convencional, hein? Pense nisso e diga ‘não’ ao consumismo! #etiquetaconsciente

Brechós em Sampa City

B Luxo

b.luxoA ideia dos sócios Paula Reboredo e Gil França surgiu em 2007 quando Paula Reboredo e Gil França quando perceberam o sucesso e a aceitação do vintage. O passo seguinte foi a abertura do espaço em uma galeria na Rua Augusta, onde a loja ficou por quase 4 anos. Hoje em dia, o brechó conta com loja própria na mesma e famosa rua rua Augusta e ganhou status de um dos mais famosos do universo vintage em São Paulo, com acervo garimpado pessoalmente pelos donos em várias partes do mundo, em especial Los Angeles.

Onde fica? Rua Augusta 2393 – Centro

À La Garçonne

lagarconne

A loja, localizada no bairro de Pinheiros, segue o estilo das lojas das décadas de 1920 e 1930, com decoração e arquitetura de época. Você vai encontrar roupas masculinas, femininas e infantis, acessórios, objetos de decoração e móveis antigos, tudo selecionado cuidadosamente por Fábio, dono do À La Garçonne, que foi buscar em muitas cidades brasileiras e do exterior os itens para compor seu acervo. O mais legal é notar o desgaste proposital das peças, que mostram o passar do tempo com estilo e elegância.

Onde fica? Rua Oscar Freire, 2127 – Pinheiros

Capricho à Toa

capricho

Ao lado do metrô Vila Madalena, o brechó existe desde 1978 como bazar e se tornou brechó só 1991. Hoje, a loja é uma das mais conceituadas de São Paulo e conta com cerca de 30 mil peças. Roupas de grandes marcas internacionais e nacionais por preços bem abaixo do preço de mercado é o foco do Caprico à Toa e é possível encontrar itens partir de R$ 6. Diariamente, o brechó recebe de 1.500 peças, que são sempre atuais, da coleção mais recente e de marcas famosas.

Onde fica? Rua Heitor Penteado, 1096 – Casa 8 – Sumarezinho/Perdizes

Minha Avó Tinha

minhaavotinha

Lá no bairro de Perdizes, em uma casa fofa da década de 1920, você vai encontrar o Minha Avó Tinha, que existe desde 1992. O acervo é composto por peças datadas desde 1920 até a década de 1990. As salas são cheinhas de itens vintage e a loja é ponto de referência para estilistas (que procuram lá a inspiração para futuras coleções), para diretores de teatro, cinema e publicidade (que alugam ou compram itens para produções que passaram em décadas passadas).

Onde fica? Rua Dr. Franco da Rocha, 74 – Perdizes

Gato Bravo

gatobravo

Se você nunca foi até a rua Avanhandava, no centro de São Paulo, deveria ir agora mesmo! Charmoséééérrima e linda, é lá que você vai encontrar o brechó Gato Bravo, que possui peças garimpadas pela proprietária, Rachel Mancini, em viagens a Londres, Berlim, Barcelona, Nova York e até mesmo em São Paulo. Além de roupas, a loja tem acessórios exclusivos, como os brincos desenvolvidos em parceria com o designer Christopher Alexander. Sapatos, bolsas e até bicicletas antigas também estão à venda.

Onde fica? Rua Avanhandava – Bela Vista

Agora que você já conhece o ‘caminho das pedras’, que tal garimpar umas peças bem legais pra compor seus próximos looks?😉

Fonte: estadao.com.br

Bitocas vintage!

Ana, Carolina e Géssica

One thought on “Conhecendo brechós em São Paulo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s